Chineses e irlandeses investem 200 milhões de euros na energia solar em Portugal

Portugal vai ser alvo de novo investimento chinês no setor da energia. A China Triumph International Engineering vai investir 200 milhões de euros na produção de energia solar na região do Algarve, em conjunto com a irlandesa Welink.

Solara4

O projeto com 220 megawatts pico (MWp) começa a ser construído em Abril e estará concluído dentro de dois anos. A central solar fotovoltaica Solara4 é a maior central de energia solar fotovoltaica sem tarifa subsidiada, ocupando uma área de 800 hectares.

Solara4 terá a capacidade para produzir anualmente 383 gigawatts/hora (Gwh), o equivalente ao consumo anual de uma grande cidade, como Coimbra.

Durante o período de construção, serão criados 200 postos de trabalho, podendo ser atingidos um máximo de 600 postos no total, em momentos de pico de atividade. Quando o projeto entrar em operação vão ser criados 30 postos de trabalho de forma permanente, para assegurar as atividades de operação e manutenção.

A incorporação nacional do projeto é de 70 milhões de euros, passando essencialmente por serviços de engenharia, tecnologia elétrica, fornecimento de materiais e mão-de-obra.

A China Triumph International Engineering junta-se assim às chinesas China State Grid e à China Three Gorges que já entraram em Portugal, através do capital das energéticas REN e EDP.

Fonte: Jornal de Negócios

Instituto Pindorama - Todos os direitos reservados
Share This