23 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, 17 setembro, 2021
spot_img

Saiba por que o consumo consciente é uma tendência necessária

Transformar (de verdade) nossas ações é a base para se ter uma sociedade mais sustentável pautada no consumo consciente.

Para que seja possível entender a importância do consumo consciente, devemos pensar que, como seres vivos, temos necessidades a serem atendidas. Portanto, no modelo social globalizado mais abrangente atualmente, nós precisamos consumir para que essas necessidades sejam atendidas.

O consumo consciente é uma tendência necessária pois qualquer coisa que consumimos, traz consigo consequências. A ação de consumir engloba diretamente fatores econômicos, e também socioambientais.

Por isso, é muito importante estarmos atentos ao que consumimos para suprir nossas necessidades, e mais ainda, atentos ao que consumimos que não é de fato uma real necessidade.

Saiba como é possível viver fora do sistema clicando aqui.

Nosso poder como consumidores

Mesmo que de forma lenta, o consumo consciente já se mostra tendência em diversos locais do mundo. As pessoas estão começando a se interessarem por produzir menos lixo, conhecer o processo de produção e os impactos causados por um produto que consomem, e optando por consumir de empresas de responsabilidade socioambiental.

Aos poucos, o cenário do mundo começa a se transformar e somos nós, os consumidores finais que somos os responsáveis por fazer diferença nesse contexto.

Consumir de maneira consciente é uma tendência completamente necessária. Leia abaixo dicas que separamos para você fazer parte dessa tendência e consumir de maneira mais consciente:

1- Conheça a cadeia de produção do que você consome diariamente: este é um aspecto importante para que você se sinta motivado a consumir de forma consciente. Quando começamos pesquisar pela cadeia de produção dos produtos que consumimos, se torna mais claro o que podemos abandonar ou substituir para que nossa ação e impacto sejam o mais positivo possível.

2- Seja fiel ao consumo consciente: isso significa ser fiel também a valores éticos de cuidado com o meio ambiente sempre que possível. O consumo consciente pode alcançar todas as esferas de nossa vida: o que comemos, o que vestimos, os produtos de higiene e limpeza, a construção de nossas casas, etc

3- Compre somente aquilo que precisa: você sabe avaliar o que de fato você precisa? Identifique quais são seus hábitos de consumo no dia a dia fazendo uma lista do que você realmente precisa, e do que você compra por impulso. Essa dica valiosa pode te ajudar a ser a economizar milhares de reais 😉

4- Saiba diferenciar desejo de necessidade: quando compramos o que necessitamos, estamos suprindo esta necessidade. Quando compramos só porque desejamos, estamos fadados a nos tornar cegos pelos desejos que na verdade não são nossos: são apenas estratégias de marketing do mercado de consumo impostas sobre nossa psique. Como uma velha propaganda de um líquido gasoso de cor escura totalmente nocivo à saúde que vende a ideia de felicidade. Você já deve saber do que estou falando, não é mesmo?

5- Não caia nas estratégias da mídia: cuidado com as estratégias de marketing impostas pela mídia. Diversos estudos são montados para convencer o consumidor de que um produto inútil é uma necessidade.

Agora que você já sabe algumas dicas, basta apenas colocá-las em prática!

Com toda essa transformação benéfica acontecendo, algo também muda no cenário do empreendedorismo. As empresas estão buscando e se comprometendo com alternativas para satisfazer a necessidade do público que se torna cada vez mais exigente.

Isso traz uma transformação na maneira em que os empreendedores lidam com seus negócios, fazendo com que seja necessário buscar alternativas inovadoras e também ecológicas e sustentáveis de gerirem seus negócios.

Instituto Pindorama: educação ecológica e compromisso com você, o meio ambiente e as futuras gerações. Conheça nossos cursos e seja também um agente de transformação. Clique aqui para saber mais.

Nilson Dias
MBA em Gestão de Projetos pela FGV, fez a transição com apenas 25 anos de idade quando encerrou seu ciclo em uma multinacional e tornou-se fundador do Instituto Pindorama, uma organização sem fins lucrativos que promove a educação para sustentabilidade e qualidade de vida que já auxiliou centenas de pessoas a realizarem seus sonhos.

Artigos Relacionados

Siga o Instituto Pindorama

325,429FãsCurtir
215,000SeguidoresSeguir
109,000InscritosInscrever
spot_img

Relacionados