23.5 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, 16 junho, 2021
spot_img

5 benefícios de fazer a transição para o campo

A transição para o campo não acontece simplesmente com a mudança de endereço. Quando optamos por uma vida mais próxima da natureza, mudamos também o olhar e o sentimento sobre a vida e suas inter-relações. São diversos os benefícios de fazer a transição para o campo.

Transição para Sítio Ecológico

A mudança de paradigma é uma das grandes motivações que fazem os neorurais deixarem as cidades para morar num local onde seja possível ter mais contato com a natureza.

Não se trata apenas de mudar de endereço e começar a plantar, mas sim, transformar a mentalidade que a vida nas cidades costuma nos condicionar.

E também não da para dizer que no campo não se tem desafios ou que é sempre tudo belo ao se levar uma vida longe das cidades, mas, os benefícios de estar em contato diário vida no campo compensa esses desafios.

A visão de que morar em sítios é levar uma vida árdua e escassa está totalmente ultrapassada para quem pratica Permacultura. Pois, a Permacultura oferece ferramentas que garantem abundância entre os diversos sistemas que fazem parte da vida cotidiana no campo.

Essa metodologia de design, torna a vida no campo mais fácil, mais prazerosa e mais rica de experiências. Oferecendo impacto positivo ao ambiente, enquanto é gerado um processo de regeneração e transformação da maneira em que olhamos para a vida e seus ciclos.

Confira a lista que preparamos com 5 benefícios de fazer a transição para o campo para inspirar sua jornada:

1- Qualidade de vida: inegável a qualidade de vida que viver no campo traz. Ar mais puro, alimentos saudáveis (desde que você plante), água pura e mais vitalidade.

2- Tempo livre: a meta de permacultura é fazer o design funcionar o suficiente para você precisar trabalhar na terra apenas 4 horas semanais. Imagina o tempo livre para curtir com a família e se dedicar para outras coisas que você ama?

3- Saúde física e mental: é comprovado que estar mais próximo da natureza nos traz mais harmonia física e mental.

4- Regeneração da natureza: contribuir para a regeneração da natureza é uma grande motivação. Principalmente para quem tem filhos, ou para quem se preocupa com o bem-estar dos seres humanos num futuro próximo.

5- Simplificar a vida: deixar a complexidade da cidade. Trânsito, violência, mercantilização do tempo.

Essa transição não deve ser feita com a mesma mentalidade de quem mora na cidade, mas sim a partir de uma nova perspectiva de habitar áreas rurais traçando novas experiências longe do caos urbano.

Leia nesse post e reflita se Você se sente seguro habitando a cidade?

No Instituto Pindorama já comprovamos todos os benefícios de morar no campo mencionados acima. E é por isso que nosso foco é inspirar as pessoas que almejam uma vida menos complexa e com mais abundância morando no campo.

Uma vida mais simples no interior é algo sem preço. Para alguns será mais fácil, para outros mais desafiante, mas é uma experiência inesquecível. Não há dinheiro que pague a bênção de se banhar, de beber e de cozinhar com água não-tratada, de acessar o alimento direto da terra, de ter segurança e qualidade de vida e de estar mais integrado com a natureza.

Transforme sua vida e o planeta com nossos Cursos Online.

Nilson Dias
MBA em Gestão de Projetos pela FGV, fez a transição com apenas 25 anos de idade quando encerrou seu ciclo em uma multinacional e tornou-se fundador do Instituto Pindorama, uma organização sem fins lucrativos que promove a educação para sustentabilidade e qualidade de vida que já auxiliou centenas de pessoas a realizarem seus sonhos.

Artigos Relacionados

Siga o Instituto Pindorama

325,429FãsCurtir
173,000SeguidoresSeguir
95,300InscritosInscrever
spot_img

Relacionados