29.8 C
Rio de Janeiro
sábado, 16 outubro, 2021
spot_img

Conheça a Sociedade do bem viver

Você quer viver em sintonia com a natureza? Então, conheça a Sociedade do Bem Viver. Venha conosco percorrer o caminho da sustentabilidade e construa uma vida cada vez mais saudável.

Você sabe o que é a sociedade do bem viver?

Por que desconhecemos o projeto da Sociedade do bem viver?

Aprendemos a ver a realidade e os valores. A realidade que antes era mostrada pela própria natureza, muda com a industrialização.

A evolução fica por conta da modernidade, que produz a civilização. Grandes descobertas, invenções, tecnologias e avanços na saúde e educação. Emergiu outro paradigma, o da civilização.

A civilização invadiu as Américas e visitou as sociedades indígenas. Apesar dos bons resultados o sistema civilizacional, ao longo do tempo, produziu muitas situações e vivências insustentáveis: superpopulação, hiperconsumismo e uso irracional de recursos.

Recentemente comprovamos em nossa civilização o consumo voraz dos recursos naturais necessários à nossa própria vida.

Diante da “envergadura da tragédia” socioambiental há tempos, as respostas no bojo da civilização, ainda são insuficientes para construir uma vida digna.

Fazem parte da civilização os grandes projetos de desenvolvimento de modernidade. Projetos de desenvolvimento são organizados pelo Estado e foram iniciativas da ONU. Mesmo assim há destruições e o meio ambiente não é priorizado.

Diferentemente, a resposta a esta questão não está na vida moderna mas na Sociedade do bem viver. Mais do que conceitos ou teorias, o Bem Viver sintetiza vivências.

Identificamos dois paradigmas: O paradigma civilizacional e o paradigma da sociedade do bem viver.

De onde surgiu a Sociedade do bem viver?

Para este paradigma, o mundo da vida, é o da existência de todos os seres vivos.
O bem viver surge a partir das comunidades indígenas. Nutre-se de seus valores, de suas experiências e sobretudo de suas múltiplas práticas.

Então, não provém da academia ou de algum partido político. Apesar disso, faz parte da Constituição do Equador e da Bolívia e é discutido e colocado em prática em outras partes do mundo.

Descubra os princípios éticos da Sociedade do bem viver

A falta de discernimento de uma vida bem vivida é o principal motivo de muitos desvios morais e éticos. A vida moderna produz muita ansiedade por isso as pessoas tornam-se cada vez mais egoístas e acreditam que o ser humano está no centro do universo e que pode usar as plantas e animais a seus interesses: consumismo e exploração da natureza.

A Sociedade do bem viver não se caracteriza pela superioridade do ser humano sobre os demais seres: animais e plantas. A tarefa é aprender desaprendendo, aprender e reaprender ao mesmo tempo.

“Bem Viver” exige outra economia, sustentada nos princípios de solidariedade e reciprocidade. Os padrões de consumo não estão no consumismo e nos descartáveis, de curto prazo, mas são de um prazo longo, de sustentabilidade, dentro dos limites ecológicos.

O bem viver não aposta em desenvolver grandes projetos de multinacionais, mas no desenvolvimento da produção local. A lógica não está na acumulação do capital, mas na formação do social/ambiental.

Você pode identificar diferenças ou semelhanças dos princípios éticos da Permacultura com a sociedade do bem viver?


1 – Cuidar da Terra: esse princípio significa agir de forma responsável. Com ações e hábitos que tornam possíveis a conservação da vida e da biodiversidade. A vida no solo, a qualidade do ar e da água, garantem o equilíbrio dos ecossistemas e consequentemente nossa sobrevivência e a de todas as espécies.
2- Cuidar das pessoas: esse principio ético atua no âmbito das relações para que seja visionado o contexto do “eu” dentro do “nós”. Significa a responsabilidade e o pleno respeito e cuidado com todos que habitam o planeta, incluindo as demais espécies.
3  Cuidar do Futuro ou Partilha Justa: esse princípio diz respeito à forma em como escolhemos utilizar nossos recursos. Pois, busca criar sistemas de compartilhamento e distribuição de recursos, e chama atenção para os limites de consumo e, o risco de perda de recursos naturais que ameaça as próximas gerações”.
Enquanto a grande maioria dos seguidores do sistema civilizacional não acata tais princípios, mais do que nunca o país precisa de superação. O cuidado com a vida e o cuidado com o futuro são identidades tanto da Permacultura, quanto da Sociedade do bem viver.

Desafios para a sociedade do bem viver

Para LEONARDO BOFF* o grande desafio para o século XXI é construir uma civilização cujo centro seja a vida.

Depois de presenciarmos tantas catástrofes ambientais, como Brumadinho e desmatamento da Amazônia, o desafio maior é construir uma civilização cujo centro seja a vida.

A questão é preservar a vida e reinventar a nossa civilização

O desafio é trabalhar com a natureza e não contra a natureza. Enfim, é construir a sociedade do bem viver.

Quem pode se tornar um promotor da sociedade do bem viver

Você pode se tornar um promotor da sociedade do bem viver. Comece refletindo sobre a civilização, mas promova mudanças em sua vida.


1 – Uma mudança de nossos objetivos e estilos de vida

2 – Aplicação em massa dos conceitos para uma vida saudável e sustentável.

3 – A ida para o campo e produzir uma sociedade do bem viver

Essas atitudes podem ser colocadas em prática seu dia-a-dia.

Quer aprender mais para se tornar um promotor da sociedade do bem viver?

A tarefa então é apreender das experiências dos povos que têm sabido viver com dignidade e harmonia desde tempos imemoriais.

Outra tarefa é estudar novas maneiras de viver, de acordo com essas experiências.

Com o avanço das tecnologias e com a pandemia em andamento muitas profissões foram extintas. Outras profissões substituem as antigas e muitas pessoas ficam desempregadas e sem alternativas para viver.

Alguns conseguem trabalhar como home Office, mas nem todos se adaptam ou querem esta profissão.

Não é uma questão de reinventar a roda, mas de organizar a vida com novas atividades.

Tenha uma nova profissão

A Permacultura encaixa-se perfeitamente na Sociedade do bem viver, assim como a milenar cultura do Bambu.

A internet está chegando aos mais longínquos rincões, basta você procurar um sítio e você pode acessá-la para suas comunicações e pesquisas e ao mesmo tempo construir um projeto alternativo, uma sociedade sustentável.

Para não descuidar de nossas necessidades básicas, podemos ter uma profissão no campo.
Minha dica é: seja um permacultor ou seja um bambuzeiro.

No Instituto Pindorama e na Estação Semente Morada do Bambu exploramos as possibilidades da gramínea como negócio sustentável e inovador no Brasil. Oferecemos cursos, livros e produtos de alta qualidade, produzidos artesanalmente com o bambu.

Clique aqui e conheça os Cursos do Instituto Pindorama.

Vilmar Bagetti Morada do Bambuhttp://moradadobambuit.com.br
Vilmar Bagetti é professor aposentado da escola pública e das universidades: UERGS e UFSM. Hoje permacultor, escritor, e bambuzeiro. A busca pelo social foi uma constante e um aprendizado na sua caminhada. Em seu primeiro livro: Você já pensou em morar numa pequena comunidade? contou o interesse e as lutas por escolas, e escola pública. Nos diálogos com as alunas de Pedagogia em Bagé descobriu a permacultura. A partir daí iniciou várias interações e leituras que produziram o escopo de seu projeto, uma aliança da permacultura com o bambu em Itaara, RS. A Morada do Bambu é o seu espaço: vivências sustentáveis. Aconteceram rodas de conversas, e cursos de construção, movelaria e artesanatos, a produção de móveis para a casa e uma construção com bambu. Um livro foi produzido para contar as suas opções: Soluções para as crises: Sociedades Sustentáveis: Permacultura e Bambu. 2020 - Com a crise da Pandemia surgiu um novo livro: Salvar Vidas ou Economias? Junto com ele o planejamento de um projeto social da Morada do Bambu: Cuidar da vida e das economias colaborativas. Um projeto de Participação Social Emancipatória. A partir dele serão realizados cursos de bambu a estudantes e trabalhadores sociais.

Artigos Relacionados

Siga o Instituto Pindorama

325,429FãsCurtir
215,000SeguidoresSeguir
116,000InscritosInscrever
spot_img

Relacionados