25.1 C
Rio de Janeiro
domingo, 18 abril, 2021
spot_img

Alimentação Consciente e Permacultura

Você sabe o que é Alimentação Consciente? A resposta que parece óbvia é: ter consciência sobre a sua alimentação. Mas quais os pontos isso inclui?

Vamos listar esses pontos e “permaculturar a alimentação” para te explicar o que é alimentação consciente.

Falar de alimentação consciente é falar, primeiramente, sobre saúde.

alimentação consciente permacultura

A importância da Alimentação Consciente

O alimento é a fonte de energia do nosso corpo. Assim como a gasolina ou o álcool fazem o automóvel andar, é o alimento que ingerimos que mantém nosso corpo em funcionamento.

Se colocarmos um combustível adulterado no automóvel ele começa a engasgar, para de andar e pode até estragar algumas peças. Da mesma forma acontece com o nosso corpo.

Temos que garantir que o alimento que estamos ingerindo é nutritivo para nós, e não degenerativo.

O guia brasileiro de alimentação, que é referência internacional, indica que o consumo de produtos ultraprocessados seja evitado ao máximo, priorizando o uso, na maior parte do tempo, de produtos in natura ou minimamente processados.

Entenda o que é Alimentação Consciente

Se alimentar de forma consciente é entender a necessidade de nutrientes de cada corpo e o modo de disponibilizar esses nutrientes. Para isso, é necessário se atentar ao valor nutricional dos alimentos.

E, também entender que o que é bom para nós não necessariamente é bom para o outro — e vice-versa — e, assim, buscar nos alimentar da forma que mais se adequa ao nosso organismo.

Precisamos passar a enxergar os alimentos com outros olhos, com olhos de que o alimento é o nosso plano de saúde e o nosso remédio; que se nos alimentarmos da forma correta não adoecemos, e caso isso aconteça, que consigamos fazer o uso medicinal dos alimentos, reconhecendo as propriedades de cada ingrediente.

Portanto, é importante integrar que nós somos o que comemos e que a quantidade mata a qualidade, por isso, devemos evitar os excessos.

Para além da saúde, ao falar sobre alimentação consciente devemos também discutir questões éticas e morais que alimentam a nossa alma.

Questione-se

Qual é a origem do seu alimento?

Ele vem da terra ou de um animal?

De uma grande indústria ou de pequenos produtores?

Tem agrotóxico ou é orgânico e agroecológico?

Reflita sobre quem você está apoiando e financiando ao comprar determinado produto.

Qual a relação entre a quantidade de alimento que é jogado fora e a quantidade de pessoas que estão passando fome no mundo?

alimentação consciente vegetarianismo permacultura

Se alimentar de forma consciente é entender de onde vem o seu alimento.

Dicas para você se alimentar de forma mais consciente

É de pouco em pouco, de passo em passo e de hábito em hábito que “permaculturamos a alimentação” e passamos a cuidar das pessoas, cuidar da terra e partilhar o excedente de forma justa. Abaixo uma lista de alguns hábitos que podemos transformar para curar o nosso corpo e todo o sistema de produção e consumo:

  • Comprar de produtores locais e feiras livres em vez de supermercados;
  • Consumir produtos orgânicos que diminuem o impacto do uso de insumos tóxicos;
  • Consumir produtos agroecológicos, que além de serem alternativas às monoculturas, realizam impacto positivo na preservação dos recursos naturais;
  • Consumir Panc’s (Plantas alimentícias não convencionais), que nascem em “qualquer lugar” e podem ser colhidas na hora do uso, apoiando a biodiversidade;
  • Fazer uso integral dos alimentos, utilizando sementes, cascas e talos, evitando os desperdícios, comendo de forma saudável e economizando recursos;
  • Fazer compostagem com as sobras de alimentos, diminuindo a quantidade de lixo nos aterros sanitários e produzindo húmus que serve de insumo para plantar em casa ou nas proximidades e hortas comunitárias dentro das cidades;
  • Utilizar cascas de alguns alimentos para a produção de produtos de limpeza, que além de diminuir o desperdício de alimentos, diminui a quantidade de produtos químicos, economizando e promovendo o uso sustentável deles.

Conheça os Cursos do Instituto Pindorama.

Thais Canan
Thais Canan é engenheira de alimentos formada pela Universidade de São Paulo (USP). Depois de trabalhar em uma indústria de congelados veganos, decidiu trilhar o seu próprio caminho de forma autônoma. Fez o curso de permacultura no Instituto Pindorama, onde ficou como voluntária por um ano e trocou moradia e alimentação pela sua força de trabalho. Foi lá que desenvolveu seus primeiros produtos a partir do aproveitamento integral da bananeira, que hoje é uma linha de produtos da sua marca. Já trabalhou em projetos do restaurante orgânico Casa Pindorama. Além disso, também em parceria com o Instituto Pindorama, atua como professora de processamento de alimentos.

Related Articles

Siga o Instituto Pindorama

323,771FãsCurtir
154,000SeguidoresSeguir
86,200InscritosInscrever
spot_img

Relacionados